A dinâmica habitacional no centro de João Pessoa: causas e efeitos na Cidade Alta

Por Rafaela Mabel Silva Guedes, Juliana Carvalho Clemente, Jovanka Baracuhy Cavalcanti Scocuglia e José Augusto R. Silveira. Publicado e apresentado no XIV Enanpur ( http://xivenanpur.com.br/ ).

 

Historicamente, o crescimento acelerado das cidades brasileiras desencadeou um padrão de expansão calcado na urbanização horizontal. As cidades foram se expandindo de maneira centrífuga, as áreas centrais, antes predominantemente residenciais, passaram por um processo de mudança de uso, evasão da população residente e de abandono de suas estruturas físicas. Nesse contexto, o presente trabalho aborda as causas e efeitos do esvaziamento residencial da Cidade Alta, no centro histórico de João Pessoa, PB, relacionando-as com a expansão urbana, a mudança de uso do solo e as questões habitacionais. Para tanto, foram investigados os cenários de uso e ocupação da Cidade Alta quando da origem da cidade, o processo de expansão urbana que acarretou a mudança do uso residencial para o comercial (principalmente a partir da década de 1920) e o cenário atual da cidade alta, este pautado nos dez últimos anos – no intervalo de 2001 a 2010 – no que concerne ao uso do solo e ao estado de conservação daquela área.

Palavras-chaves: uso do solo, habitação, conservação